Notícias

Parintins está de Luto. A voz da Amazônia se calou. Adeus Mário Silva!




Três, dois, um. Permissão concedida para o pouso. 
A canoa do rádio parintinense está mais alta. Nela já não está mais Mário Silva, um dos maiores nomes do rádio amazonense em todos os tempos. Tido como o mais criativo entre os locutores de Parintins e do Amazonas, Mário Silva não resistiu às complicações da diabete falecendo em Manaus na manhã de sábado, por volta das 09 da manhã, no hospital 28 de agosto.


O estado de saúde de Mário Silva se agravou após sofrer uma parada cardiorrespiratória na noite de quinta feira. Dias antes, passara por momentos difíceis ao ter parte da perna direita amputada. Mário Gordo como também era conhecido, ficou internado por quase dois meses em um dos leitos do Hospital Padre Colombo, antes de seguir viagem a capital do estado. No leito pela 1ª vez em mais de duas décadas não cobriu os eventos voltados ao carnaval de Parintins. Faltou o inesquecível ziriguidum, apenas uma de suas muitas marcas no rádio. 

Nas gravações dos DVDs de Garantido e Caprichoso o ouvinte da Clube sintonizou a emissora, mas não sorriu por que não se ouviu com o jargão “Boi, Boi, Boi – Sal, Sal, Sal” típico do locutor antes de anunciar uma toada do vermelho ou do azul.

Mário Silva deixa saudades. Calou-se o amante da natureza e dos pássaros, das várzeas furos e igarapés.

Calou-se o admirador do amazônida, seja ele o curumim, a cabocla ou o pescador, que tinha sua difícil lida descrita com primazia pelo comunicador.



Mário Silva(E) em momentos de descontração com o Amigo Jr de Souza (D)

Parintins jamais o esquecerá. Cala-se a voz do criador do Clube dos Bairros, programa que foi imbatível no rádio por 24 anos. Entre vários jargões que caíram no gosto do público podemos citar também o “não convidem ou podem convidar”; “dança de rato sapateado de catita”; “clima de montanha”, do “eu vou te contar”, “vamos descolar o platinado” entre muitas outras sacadas absorvidas pelo fiel ouvinte, que em pouco tempo se tornava cotidiano dos coiotes de Parintins.

Criador da radiocunhã.com, do repórter em cima do fato e das sequências de solidariedade em que apelava a audiência em prol a alguém ou família em difícil situação financeira ou de saúde. Desaparece um grande cidadão que reivindicada melhorias nas ruas, na educação, na saúde e em outros setores da comunidade que precisavam de melhorias.



Mário Silva vestindo a Camisa da Rádio Cunhã, em momentos de alegria (D)

As homenagens emocionadas brotaram logo após a fatídica noticia de sua morte ser anunciada na Rádio Clube.

O corpo do radialista chegou a Parintins por volta das 19 horas de sábado, sendo recebido por centenas de admiradores no aeroporto Julio Belém. Em silêncio, os parintinenses em carros, motos e até bicicletas fizeram questão de acompanhar o translado do corpo de Mário Silva do aeroporto até a Funerária Bentes.

Profundamente abalado, Renato Neto, filho do repórter em cima do fato lamentou, porém disse que seu pai foi sábio e o preparou para a vida, para o trabalho. Renato acompanhou os últimos momentos de Mário Silva, em Manaus e mesmo desejando a melhora no quadro de saúde de seu pai, acredita hoje, que o descanso era o que ele realmente precisava. 

A programação da Rádio Clube recebeu durante todo final de semana mensagens e telefonemas que representaram toda a admiração do povo de Parintins para com Mário Silva. Foi uma retribuição de quem recebeu a alegria, a inventividade e o humor do comunicador.

As redes sociais também foram um canal de disseminação do carinho e do pesar da cidade pela perda do locutor. O internauta Joaquim Rodrigues disse: O rádio parintinense perdeu um dos seus maiores ícones, com toda sua irreverência e sua competência era comprovada pela audiência. Agora quem vai sair pela rua com a bandeira do Vascão nos jogos importantes com os Hinos? Os meios de comunicação nunca serão o mesmo sem Mario Silva.



Mário Silva (D) com o grande Amigo Junior de Souza (E) em sua residência

Marcio Porto escreveu no facebook: “Vai para braços de Deus grande amigo Mario Silva, e só vai ficar a boa lembrança de um grande comunicador que marcou o rádio parintinense e escreveu seu nome na historia”.

O torcedor do Boi Caprichoso e ouvinte do Programa Clube dos Bairros conhecido como Calango expressou sua tristeza.

Mário não era apenas um folião, era um dos maiores incentivadores do Carnailha. Por anos seguidos foi o locutor oficial do programa da LIBLOC. Mesmo no Clube dos Bairros sempre abriu espaço para os blocos de todas as chaves para divulgação de marchinhas e eventos.

O ex presidente dos Belezuras Nildemar Barbosa acompanhou as homenagens feitas a Mário Silva e salientou que o Carnailha perde o seu maior brincante no rádio.  

Perde o rádio parintinense. Sofrem parentes, amigos e companheiros, colegas de profissão. Sofre a Rádio Clube de Parintins. A história do locutor se confunde com a da emissora do povo. Mário compôs o primeiro time de funcionários a atuar no veículo de comunicação já em 1987. 

Evandir Martins, que também esteve no primeiro time da Clube fala sobre a convivência profissional com Mário Silva.

Lúcio Costa, apelidado por Mário Silva de Pit Bull, operou o Clube dos Bairros por aproximadamente 10 anos. Assim como todo ouvinte do programa se admirou pela capacidade de improviso do comunicador dos bairros.

Enéas Gonçalves, diretor da Rádio Clube de Parintins destacou o carinho recíproco entre a família Gonçalves e Mário Silva que norteou suas relações durante décadas. O ex-prefeito disse ter se emocionado também com a forma que a população de Parintins  se despediu do amigo.

A vereadora Vanessa Gonçalves afirmou que um dos pontos que guardará em sua memória é o alto astral e alegria de Mário Silva. Mostrou gratidão pelo companheirismo do radialista por sua família nas vitórias e derrotas.

A ex colega de trabalho, jornalista Peta Cid lembra dos bons momentos vividos com o profissional que considera ter tido um talento inigualável.

As 16 horas de domingo, Mário foi sepultado sob aplausos dos que o admiravam e que a partir de então terão que preencher uma ampla lacuna nas tardes de Parintins sem o repórter em cima do fato.

Mário Silva morre aos 50 anos de idade deixando viúva, filhos, irmãos e uma legião de amigos e admiradores.



Mário Silva apresentando o Clube dos Bairros na Rádio Clube de Parintins

Três, dois, um. Permissão concedida para a decolagem.

Texto: Márcio Costa
Fotos: Lourdinha Marinho, Junior de Souza, Arquivo Pessoal.
 
----------- O Boi Garantido enviou nota de pesar a Rádio Clube de Parintins por conta do falecimento do radialista Mário Silva. A nota diz o seguinte.
 

NOTA DE PESAR


A diretoria da Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido vem a público manifestar pesar pelo falecimento do radialista parintinense Mário Silva. Dono de um estilo inconfundível de fazer rádio, Mário Silva faleceu na manhã de sábado. O locutor teve passagem pelo Boi Garantido onde fez amizades e conquistou admiradores. Segundo o presidente Telo Pinto, Mário Silva deixa saudades pela criatividade e pela alegria que por meio de sua voz, invadiam as casas dos parintinenses todas as tardes. Mesmo se declarando torcedor do contrário, o locutor sempre tratou com respeito e divulgou as toadas e os acontecimentos do Boi do Povão. Á família e amigos, a solidariedade do povo de alma vermelha. 

Diretoria do Garantido

NOTA DE PESAR


O Prefeito de Parintins Alexandre da Carbrás (PSD) vem de público manifestar o seu mais profundo pesar pelo falecimento do radialista Mário Silva que dedicou parte de sua vida a comunicação no interior da Amazônia. Tenho a certeza que as tardes do Parintinense não serão mais as mesmas sem o ziriguidum do radialista do improviso Mário Silva.

Aos familiares, amigos e fãs de Mário Silva desejo que Deus conforte seus corações neste momento de dor. Mário Silva deixa uma grande lacuna no radialismo Amazônico, sentiremos saudades do Clube dos Bairros e de suas histórias contadas todas as tardes em meio a paisagem Amazônica, dos "Não convidem e podem convidar".

A Rádio Clube, os meus sinceros sentimentos pela perda de um dos grandes profissionais dessa casa. Que Deus abençoe a todos e receba Mário Silva em seu reinado.

Alexandre da Carbrás
Prefeito de Parintins

 

Foto: Renato Marinho (a esquerda) com o Paizão Mário Silva (a direita)


JORNAL DA CLUBE
25.03.2013
MÁRCIO COSTA